terça-feira, 14 de novembro de 2017

IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE TRENS URBANOS DE NATAL


        A implantação do sistema de trens urbanos foi um projeto discutido desde meados da década de 1970, mas que somente foi implantado em 1981 quando chegou a Natal os primeiros vagões para testes do sistema que interligaria a capital potiguar ao município de Extremoz.
    Pelo projeto o trem urbano de Natal funcionaria com 6 vagões com capacidade para 300 passageiros cada e duas locomotivas, teria 4 paradas ao longo dos 22 km de percurso. Foram previstas 6 viagens diárias nos horários de maior afluência de passageiros. A proposta era beneficiar operários, industriais, comerciante e estudantes. A passagem foi fixada em 6 cruzeiros, mesmo preço dos trens urbanos em Recife. Na realidade foram adquiridos 8 vagões para poder permitir o rodizio a manutenção preventiva. Os vagões da marca pidner, são especialmente projetados para transporte de passageiros em massa, com bancos laterais fabricados em fibra de vidro tinha acesso por meio de 6 portas laterais que abriam automaticamente e ligação sanfonada entre vagões. As locomotivas eram da marca Alco-Diesel elétrica, prefixos 900 HP.
       Seria esse o primeiro trem de superfície de Natal com investimentos feitos pela RFFSA, a prefeitura de Natal coube fazer desapropriações, acessos a estações e serviços de drenagens. A RFFSA coube reconstruir a linha, as estações e realizar obras de contenções de drenagens ao longo da via. O projeto foi orçado em Cr$ 70 milhões.
    O projeto previa ainda estações intermediarias localizadas no Alecrim, próximo a base naval, na Av. Assis Brasil, nas Quintas e mais duas localizadas após a ponte de Igapó. As estações de Natal e Extremoz foram recuperadas para atender ao novo sistema. O preço da passagem foi refixada em Cr$ 12,00.

Viagem experimental
     Uma viagem experimental dos trens urbanos entre Natal e Extremoz ocorreu em 06/10/1981 com a presença do presidente da RFFSA, o prefeito de Natal, José Agripino, convidados e a imprensa. A viagem teve início as 9h30 saindo da estação da Ribeira.

A inauguração
     Marcada para ocorrer em dezembro 1981 a inauguração do sistema de trens urbanos de Natal só ocorreu em 16/01/1982.Foguetões, bandeiras brancas e muitos discursos marcaram a inauguração da ligação entre Natal e Extremoz por trens urbanos. 
      As 11h450 o ministro dos transportes Eliseu Resende cortou a fita simbólica no largo da estação da Guarita, no Alecrim onde estavam presente cerca de duas mil pessoas. Estavam presentes ainda o governador Lavoisier Maia e o prefeito de Natal José Agripino e o presidente da RFFSA Aloysio Weber. Uma multidão se formou na estação de Extremoz. No dia seguinte os trens começariam a circular normalmente com cinco viagens diárias em ambos os sentidos, Natal-Extremoz, Extremoz-Natal.
     O trem inaugural fez o percurso entre os dois municípios em 50 minutos e transportou cerca de mil pessoas entre convidados e autoridades. A frente das locomotivas foram postas duas bandeiras, a do Brasil e a do município de Natal e bandeiras brancas se espalhavam pelo percurso do trem. A RFFSA distribuiu grudes e raivinhas aos passageiros que estavam nos vagões do trem inaugural.

Expansão para Ceará-Mirim
     Em 07/05/1982 foi realizada uma viagem de inspeção até Ceará—Mirim para examinar o local das futuras instalações das paradas dos trens urbanos entre Extremoz e Ceará-Mirim. Uma viagem experimental foi realizada em 23/10/1982 com a presença do então governador Lavoisier Maia e diversas autoridades. 
     O trecho entre Natal e Ceará-Mirim tem uma extensão de 47 km, já o trecho percorrido nessa viagem experimental foi de 10 km. Foram realizadas melhorias na via férrea como substituição de dormentes de madeira pelos de concreto, além de construir uma estação de passageiros em Massnagana. A viagem foi realizada em 1 hora, saindo as 11h10 da estação central da Ribeira.

Inauguração
     A inauguração do trecho dos trens urbanos entre Extremoz e Ceará-Mirim ocorreu em 09/10/1982 as 09h00 e contou com a presença do ministro dos transportes Cloradino Severo, governador Lavoisier Maia entre outras autoridades. Na ocasião foram inauguradas as estações de Igapó, Nova Natal, conjunto da Marinha em Extremoz (Estrela do Mar) e Massangana em Ceará-Mirim.
      A plataforma da estação central da Ribeira ficou superlotada de pessoas que aguardavam o embarque no trem até Ceará-Mirim.
    Prevista para se iniciar as 15h00, mas em virtude do grande número de pessoas os portões foram abertos as 16h30, houve confusão nos portões de acesso as plataformas, a multidão invadiu as plataformas quando foram autorizadas a abertura, criando-se quase um estado de pânico, com pessoas sendo até pisoteadas. 
    Dezenas de sapatos e sandálias ficaram espalhados pelo chão ao lado das plataformas da estação. Ao estacionar o trem com os 5 vagões foi imediatamente lotado pelas pessoas. Cerca de 2.000 pessoas não conseguiram embarcar para viagem inaugural do trem urbano entre Natal e Ceará-Mirim.

A linha sul Natal-Parnamirim
       As obras da linha sul entre Natal e Parnamirim do sistema de trens urbanos se iniciaram em julho de 1984.As obras consistiam no alargamento da via férrea para poder permitir a circulação dos trens. Em 1985 foi realizada uma solenidade no Palácio Potengi em que o governador José Agripino garantiria a execução da obra de construção da linha sul dos trens urbanos até Parnamirim.
      A partir desse ano o sistema já estava sendo gerenciado pela CBTU- Companhia Brasileira de Trens Urbanos.

Inauguração
     A inauguração da linha sul da CBTU entre Natal e Parnamirim ocorreu em 01/11/1986 as 17h00 com uma viagem especial em que estiveram presentes o governador do estado Radir Pereira, o presidente da RFFSA Ozires Guimarães, o presidente da CBTU Américo Maia, entre outras autoridades. 
     A viagem inaugural saiu da estação central da Ribeira as 17h00, passando pela segunda estação do percurso na avenida Bernardo Vieira, passando pelas estações da Cidade da Esperança, Promorar, Cidade Satélite até chegar a Parnamirim, a época chamada Eduardo Gomes, onde seria ali inaugurada a estação terminal da linha sul.
     O projeto da linha sul foi encaminhado pelo governo do estado em fevereiro de 1984, mas somente dois anos depois a linha foi inaugurada, tendo sido as obras iniciadas em janeiro de 1986.A projeção era de atender inicialmente cerca de 15 mil pessoas por dia com a nova linha com previsão de 30 mil no primeiro semestre de 1987.O percurso seria realizado em 30 minutos.


Fonte: Diário de Natal, 1981, p.12, Diário de Natal, 07/10/1981, p.5; O Poti, 17/01/1982, p.1; Diário de Natal, 10/11/1982, p.3; Diário de Natal, 01/11/1986, p.7.


Inauguração do sistema de trens urbanos entre Natal e Ceará-Mirim.

Pessoas na estação da Ribeira em Natal aguardando o embarque para a inauguração dos trens urbanos entre Natal e Ceará-Mirim.

Primeiro vagão pidner para testes dos trens urbanos de Natal.

Viagem inaugural do trem urbano entre Natal e Extremoz.

Inauguração do trem urbano entre Natal e Exxtremoz.

População aguardando o trem urbano em Natal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário